Decepções com a obra


Estive um pouco ausente nas últimas semanas devido o novo emprego, entrega de TCC, mudanças no layout do blog, enfim: correria! Por mim, o dia poderia ter 30 horas que ainda não daria conta de tudo.

Neste meio tempo, não tivemos muitas novidades, a obra está em andamento, apesar de não parecer muito. Nesta fase de acabamento e finalização do interior dos apartamentos, a gente não vê muito progresso, dá até impressão que a obra está parada. A construtora ainda está mantendo a data de entrega para abril de 2017, e segundo o cronograma, a obra está 12% adiantada. Estamos na torcida para que essa promessa se cumpra, já que as outras...

Com certeza não sou a única que passou por decepções com a obra. Primeiramente, tem aquele papinho dos corretores, dizem que pode isso e aquilo, no meu caso por exemplo, foi dito que seria possível a instalação do ar condicionado, agora já não mais. Depois dizem que você terá que pagar um valor por mês, durante o período de obra, que este valor é gradativo e não pode ultrapassar 70% do valor da parcela do financiamento. Aí a gente vai, assina com a Caixa o contrato com uma tabela em que constam todos os valores das parcelas de juros de obra, você se programa para pagar aquele valor e logo na primeira parcela vem 150% a mais do que o previsto!  

A minha parcela de setembro, por exemplo, que era pra vir R$ 450,00, veio R$ 800,00. É preocupante, porque a gente não sabe o valor que virá no próximo mês e não tem como se programar financeiramente, é uma surpresa diferente todo mês! Nossa última parcela de juros de obra será em abril de 2017 e a deste mês já ultrapassou esse valor.

Procurei me informar sobre a legitimidade desta cobrança, porém as informações se desencontram, para alguns é indevida e para outros é devida. O fato é, vamos continuar pagando esse valor absurdo e assim que as chaves forem entregues, vamos procurar nossos direitos e se realmente a cobrança for indevida, faremos questão de reaver tudo o que foi pago.

Por enquanto, optamos por segurar os gastos e as compras para o apê, nos programamos sempre para um valor a mais do que o mês anterior. E desta a maneira vamos lidando com a falta de compromisso tanto da Caixa quanto da incorporadora. Os nossos planos de ir adiantando a compra dos utensílios e eletros ficaram de lado e a decepção só aumentou com isso.

Vejo posts e desabafos de muitos que também estão passando por esta situação desagradável. E não sei dizer se é bom ou ruim saber que não sou a única.

Mas tudo sempre tem um lado bom, e no nosso caso, pode ser que as chaves sejam entregues antes do previsto. E pra driblar a ansiedade, vamos praticamente todo final de semana visitar a obra, e não é que tá ficando lindo:
O plantão e o decorado já foram derrubados, estão fazendo a terraplanagem do estacionamento, todos os apartamentos já estão com o gesso e foi feita a tubulação de água e esgoto. Estão terminando de colocar as grades das sacadas e também já estão começando a impermeabilização das torres.





Sei que todo o stress valerá a pena. E não tem como não sonhar todas as noites com o nosso lar.

A programação do blog voltará ao normal, a partir de hoje teremos posts toda semana e em breve teremos o Último Andar TV. Aguarde!  
Decepções com a obra Decepções com a obra Reviewed by Último Andar on 13:23 Rating: 5

Nenhum comentário:

Leticia Figueiredo

Image Link [https://lh3.googleusercontent.com/-K--nc4oGvyk/VxubpTWj6sI/AAAAAAAAAPo/kD74VlFGCtgRC-7O1Zd7AWUn4PqAHBblwCCo/s240/foto%2Bperfil.png] Author Name [Leticia Figueiredo] Author Description [

Leticia Figueiredo - Campineira, 24 anos, filha caçula, publicitária, noiva apaixonada e futura proprietária de um apartamento no último andar {daí veio a inspiração para o nome do blog}.

] Twitter Username [none] Facebook Username [leticia.figueiredo.71] GPlus Username [none] Pinterest Username [leticiafig92] Instagram Username [leticiafigueiredo92]